top of page

Espetáculo ‘Compositoras’ é atração do Festival Identidade Feminina neste sábado

Neste sábado, 3 de fevereiro, às 10h30, no Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, ao lado do Espaço Cultural da Urca, Nádia Campos acompanhada da artista Andréa Turato apresentarão o espetáculo ‘Compositoras’, na primeira edição do Festival Identidade Feminina.  


Nádia Campos (voz, violão e percussão) convida  Andréa Turato (piano) para um show onde a intenção é valorizar e apresentar ao público obras autorais e de mulheres que fizeram história no cenário musical. 


Para esta apresentação elas preparam um repertório que traz não apenas canções autorais de Nádia Campos que retratam o universo feminino, mas também um repertório fruto de uma pesquisa sobre o trabalho de compositoras brasileiras e latino-americanas: Chiquinha Gonzaga, Violeta Parra, Socorro Lira, Consuelo de Paula, Rosinha de Valença, Fátima Guedes, Denise Emmer e Marta Gomez.


Ao apresentar este repertório, pretende-se valorizar o trabalho de mulheres compositoras, torná-las mais conhecidas e encorajar novas mulheres a ingressar no ramo das artes musicais. Além de executar as canções com arranjos bem elaborados, pretende-se contar um pouco da história dessas mulheres e de suas obras.


O Festival Identidade Feminina é promovido pela Prefeitura de Poços de Caldas / Secretaria Municipal de Cultura e o show ‘Compositoras’ tem produção de Chiara Carvalho / Carvalho Agência Cultural. 


Andréa Turato

Iniciou seus estudos aos 5 anos e graduou-se bacharel em piano em 1996 pelo Conservatório Brasileiro de Música, no Rio de Janeiro. Desde então, atua como pianista, professora e regente de coral em Poços de Caldas e região.


Nádia Campos

Cantadeira, musicista, compositora, pesquisadora, educadora e produtora. Canta desde os seis anos de idade. Sua voz não tem fronteiras. Caminha com seu violão aprendendo e soltando trovas de muitas partes. Nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais. O amor pelas coisas simples lhe conduziu pelas raízes brasileiras e latinas. Percorreu diversos rincões pesquisando ritmos, cantos e tradições. Estudou em algumas escolas de música e fez da própria vida sua principal escola. Participou de diversos trabalhos de outros músicos desde os seus 9 anos com Rubinho da Vale, Dércio Marques. Se apresenta em diversos espaços e encontros de música e cultura popular no Brasil e na América Latina. Tem três discos gravados “Porque Cantamos”, “Cantigas de Beira Rio” e “Luz Peregrina”. Como arte educadora, já participou de diversos projetos levando mensagens socioambientais através da música em parceria com várias instituições, dentre elas: UNESCO, MEC, SESC, Universidades, ONGs. 


Com diversas ações realizadas em 2023 em Poços de Caldas e outras cidades, Nádia Campos se prepara para a turnê ‘Luz Peregrina’, que vai percorrer nove cidades do estado de Minas Gerais neste ano, levando a sua música autoral para outros espaços, buscando o fortalecimento de seu trabalho e da música regional.


Para saber mais sobre essa e outras ações da cantora, siga as redes sociais @nadiacamposmusica e @carvalhoagenciacultural. 



SERVIÇO

‘Compositoras’ com Nádia Campos e Andréa Turato no Festival Identidade Feminina

Data: sábado, 03 de fevereiro de 2024

Horário: 10h30

Local: Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas (Vila Junqueira, s/n - Centro)

*gratuito


Comments


bottom of page