top of page

Flipoços e Hack Town se unem em prol da Literatura

Pela primeira vez o Hack Town, Festival de Tecnologia e Inovação realizado em Santa Rita do Sapucaí, cidade considerada referência neste segmento no Brasil, insere o livro, a leitura e a literatura no universo tecnológico. Para isso, os promotores da HT convidaram o Flipoços – Festival Literário Internacional de Poços de Caldas para se juntar ao evento e montar a Livraria Flipoços que ficará responsável pela divulgação, lançamentos e autógrafos dos livros dos palestrantes escritores que compõem a programação que conta com mais de 800 speakers.


As duas cidades sul-mineiras, uma baseada no “vale do silício” brasileiro e a outra, considerada a cidade literária do Brasil, buscam fortalecer suas vocações naturais promovendo o desenvolvimento humano e estimulando na população local e regional as aptidões da sua gente, como fomento à economia criativa dos locais.


Além de levar a Livraria para o Hack Town a curadora do Flipoços, Gisele Ferreira, participa da programação com o bate papo “Em tempos de tecnologia, como fica o cheirinho do livro papel?”. Uma analogia entre a tecnologia e os livros digitais em detrimento aos livros impressos. Quais as estratégias do mercado editorial para competir com os avanços das novas tecnologias que dispersam o foco do livro papel. Os modos de leitura estão em outras plataformas. Como fazer a tecnologia ser aliada do livro, leitura e literatura e de forma harmônica expandir ambos os mercados? Como estão os índices de leitura no Brasil e como avançar nosso país para se tornar uma nação de leitores? Reflexões para despertar os cinco sentidos humanos, quando se tem um livro em mãos.


“Considero uma oportunidade muito especial inserir em um ambiente totalmente ligado à tecnologia, o livro papel e a literatura de vários gêneros. Temos que desmitificar a fala de que quanto mais a tecnologia avança mais o livro perde espaço. Não é verdade. O que temos que fazer, enquanto agentes divulgadores do livro, leitura e literatura é provar que o livro também cabe neste mundo em que as novas tecnologias parecem nos engolir diariamente. O livro papel e suas histórias, nos remetem a mundos que tecnologia alguma é capaz. E neste sentido, temos a obrigação de mostrar a força arrebatadora do livro e seus autores”, enfatiza Gisele Ferreira, curadora do Flipoços.


A Livraria Flipoços no Hack Town contará com o apoio da Livruz, que é uma livraria de rua em Poços de Caldas, que além dos livros dos autores das áreas de inovação, tecnologia, saúde mental, motivação, educação corporativa, metaverso, IA, estratégias, como o Best Seller Alexandre Coimbra Amaral, Marcelo Tas, Nathalia Arcuri, Nathalie Trutmann, Flavia Lippi, Christiane Pelajo dentre outros que fazem parte da programação do HT, a Livraria vai disponibilizar também livros de Ailton Krenak, Conceição Evaristo, Milton Hatoum, Daniel Munduruku, Carla Madeira, Luiza Romão, Alexandre Rabelo, Itamar Vieira Junior, Antonio Bispo dos Santos, Djamila Ribeiro, Aline Bei dentre outros.


O Hack Town acontece de 17 a 20 de agosto em Santa Rita do Sapucaí e a 19º. Flipoços e a Bienal do Livro do Sul de Minas – Poços de Caldas acontecem de 27 de abril a 05 de maio de 2024. Para mais informações acesse www.bienaldolivrosuldeminas.com.br e as redes sociais @bienaldolivrosuldeminas @flipocos @hacktownsrs

bottom of page