top of page

Poços de Caldas se torna cidade-irmã de Ponte da Barca, de Portugal

Poços de Caldas e o município português de Ponte da Barca tornaram-se cidades-irmãs em solenidade realizada na manhã da última quarta-feira (3). O ato de irmanação foi assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Manuel dos Reis Marinho, e pelo prefeito Sérgio Azevedo.


A geminação leva em conta a disposição mútua das cidades de Poços de Caldas (Estado de Minas Gerais/Brasil) e Ponte da Barca (Distrito de Viana do Castelo/Portugal) em se irmanarem a partir de suas peculiaridades, especialmente nas áreas da Literatura, Livro e Leitura, a incontestável vocação de Poços de Caldas para a literatura e o desejo da sociedade poços-caldense e sul-mineira para que a cidade integre a Rede de Cidades Criativas da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.





O processo de irmanação está diretamente relacionado ao inestimável valor histórico e literário dos registros epistolares do filho ilustre de Ponte da Barca, Cypriano Joseph da Rocha, tidos como a “certidão de batismo” da região Sul de Minas. Em 1728, Cypriano José da Rocha, acompanhado de dois filhos, embarcou numa nau rumo ao Brasil para ocupar, na capitania da Baía, o cargo de juiz dos órfãos e, mais tarde, na capitania de Minas Gerais, o de ouvidor da comarca de Rio das Mortes. Em cartas enviadas regularmente a Portugal, ele registra sua trajetória e, com ela, parte da história do Brasil, em especial do que chamamos hoje de região Sul de Minas, com a descoberta das minas do Rio Verde, ultrapassando os rios Baependi, Lambari e Sapucaí, com a fundação de um arraial, o Arraial de São Cipriano.


Com a irmanação, oportunidades serão criadas aos dois municípios, notadamente nos segmentos da economia criativa, literatura, livro e leitura, desenvolvimento socioeconômico a partir da cultura e valorização do potencial turístico. “Sempre fui muito acolhido em Poços e temos vários pontos em comum, uma cidade de se orgulhar com uma dinâmica e ecodesenvolvimento próspero e saudável e isso que temos em Ponte da Barca para desenvolver as cidades cada vez mais, na questão do turismo e desenvolvimento econômico e social”, destacou Augusto Marinho, presidente da Câmara da cidade portuguesa, cargo equivalente a prefeito no Brasil.


A geminação

Trata-se de um projeto previsto já há alguns anos, mas que precisou ser postergado para momento mais oportuno, em decorrência da pandemia da Covid-19. Em agosto de 2022, o prefeito de Poços de Caldas, Sérgio Azevedo, recebeu o presidente da Câmara da cidade portuguesa, Augusto Marinho, para estreitar ainda mais as relações institucionais entre as cidades e compartilhar experiências.

O encontro foi proposto a partir da publicação do livro “Cypriano Joseph da Rocha: relato de uma vida entre Portugal e o Brasil na Idade do Ouro”, que também foi lançado na programação pré-Flipoços, no dia 1º de maio, na Biblioteca Centenário, com a presença do autor português António Andresen Guimarães.

Comentarios


bottom of page