top of page

Poços de Caldas mantém categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro

A Secretaria de Turismo de Poços de Caldas e o trade local estão celebrando mais uma vez a classificação da cidade na categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro. Esta categoria é a mais alta em um ranking que vai de A a E, destacando a excelência da cidade no setor turístico.


O estado de Minas Gerais desponta como líder no crescimento do turismo no Brasil, conforme o Índice de Atividades Turísticas (Iatur) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação mineira atingiu notáveis 24,3%, superando consideravelmente a média nacional. Oo número de turistas aumentou e a receita nominal também registrou expressivo crescimento, atingindo 34,9%, o que destaca a relevância do setor para a economia estadual. Em 2023, aproximadamente 31 milhões de turistas visitaram Minas Gerais, injetando cerca de R$ 34 bilhões na economia local.


Poços de Caldas encerrou o ano de 2023 consolidando-se como um dos principais destinos turísticos do Brasil, contribuindo para o destaque do estado no cenário nacional. A movimentação recorde impulsionou o setor turístico e também beneficiou a economia local, refletindo as políticas de descentralização implementadas pelo Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, e do programa Mais Turistas.


Esse programa adota medidas para fortalecer o turismo em todo o estado, gerando empregos e incrementando a renda da população. Minas Gerais manteve um crescimento constante ao longo do ano, alcançando um pico de 720% acima da média nacional em abril.


Em Minas Gerais, apenas mais duas cidades estão na categoria A: a capital Belo Horizonte e Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O estudo, que abrange 2.542 municípios brasileiros com atividade turística ou meios de hospedagem, revela que Minas é o estado com o maior número de municípios validados, totalizando 567.



A categorização do Mapa do Turismo é baseada no desempenho econômico do turismo, considerando variáveis como a quantidade de estabelecimentos de hospedagem, empregos gerados no setor, estimativa de visitantes domésticos e internacionais, e arrecadação de impostos federais provenientes dos meios de hospedagem. Este mapeamento serve como uma ferramenta essencial para acompanhar o desempenho das economias turísticas locais e auxilia na priorização de investimentos em programas do Ministério do Turismo, que incluem ações de infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos, conforme as características específicas de demanda e vocação turística.


Para o secretário municipal de Turismo, Israel Pereira, a permanência de Poços de Caldas na categoria A no mapa é uma importante certificação de qualidade do turismo local, que tem mostrado um crescimento contínuo.


“Nosso setor turístico só tem crescido, com a renovação de pontos turísticos importantes e a criação de novos atrativos, um fator crucial para o sucesso turístico de Poços de Caldas é o modelo inovador de concessão de atrativos turísticos implementado pela Prefeitura, a manutenção da classificação de Poços de Caldas na categoria A reflete os esforços contínuos da Prefeitura em aprimorar e expandir suas ofertas turísticas, tornando-se um destino cada vez mais atraente para visitantes de todo o Brasil e do mundo.”

 

Comentários


bottom of page