top of page

Mestra da Cultura Popular, Dona Orlanda completa 95 anos

A mestra da Cultura Popular e capitã do Terno de Congo de Santa Bárbara e São Gerônimo, Dona Orlanda da Conceição Silva, completa nesta sexta-feira, 14 de outubro, 95 anos de idade. Em 2013, Orlanda da Conceição foi premiada pelo então Ministério da Cultura, por meio do Prêmio Culturas Populares – Edição 100 anos de Mazzaropi, na categoria Mestres.

No último dia 5 de outubro, Dia de São Benedito no Brasil e Dia Municipal dos Ternos de Congos, ela participou das celebrações na Capela de São Benedito, com pequeno cortejo, missa festiva e levantamento dos mastros e sua voz potente ecoou mais uma vez nos corações dos devotos de São Benedito.

Em abril deste ano, ela esteve na WTM Latino-americana, maior feira de turismo da América Latina, no Expo Center Norte, em São Paulo, levando toda a mineiridade do Congado para representantes de 33 países diferentes, visando projetar a América Latina para a indústria mundial de viagens e turismo.

E, em maio, tradicionalmente, participou de todos os festejos relacionados à Festa de São Benedito, como o Dia de Santa Cruz, que abre a programação cultural, a Retirada dos Caiapós da Mata e procissão. “A festa é a alegria que São Benedito traz para nós que moramos aqui em Poços de Caldas”, destacou Dona Orlanda durante as celebrações do dia 13 de maio, quando os devotos puderam voltar a se reunir para a procissão e missa solene em homenagem ao Santo Negro, depois da paralisação de dois anos por conta da pandemia da Covid-19.

A Secretaria Municipal de Cultura parabeniza Dona Orlanda, como é conhecida, pelos 95 anos e reverencia sua atuação na cultura popular de Poços de Caldas, pela sua imensa contribuição na manutenção da tradição da Congada no município. De acordo com o Dossiê de Registro do Bem Imaterial Festa de São Benedito de Poços de Caldas, elaborado pela Divisão de Patrimônio Construído e Tombamento, “o Congado é uma dança que lembra a coroação do Rei Congo e da Rainha Ginga de Angola, acompanhado de um cortejo compassado, levantamento de mastros e música. Esta manifestação cultural e religiosa, de influência africana, ocorre em algumas regiões do Brasil, tendo por temas a devoção a São Benedito e o encontro da imagem de Nossa Senhora do Rosário”.


Comentários


bottom of page